Premium Quem são os cinco homens de Trump que Mueller já fez cair?

Paul Manafort foi considerado culpado em tribunal e Michael Cohen, à semelhança de outras três pessoas ligadas ao presidente dos EUA, declarou-se culpado de crimes perante a pressão do procurador especial, que investiga a alegada interferência russa nas eleições norte-americanas.

Para os apoiantes do presidente norte-americano, o facto de o ex-diretor de campanha de Donald Trump, Paul Manafort, só ter sido condenado por oito dos 18 crimes financeiros pelos quais estava a ser julgado (o júri não chegou a acordo nos restantes dez) foi visto como uma fraca vitória para o procurador especial. O próprio presidente reiterou no Twitter tratar-se de uma "caça às bruxas".

Mas essa vitória é a única que basta a Robert Mueller, que complementou o sucesso na Virgínia com um acordo em Nova Iorque. O ex-advogado de Trump, Michael Cohen, declarou-se culpado de oito crimes de fraude e violação da lei de financiamento de campanhas e não afasta a hipótese de colaborar com a investigação à alegada interferência russa nas eleições norte-americanas, que Mueller foi encarregado de iniciar a 17 de maio de 2017.

Ler mais

Exclusivos