Premium Tottenham. Um clube de judeus órfão de títulos para Mourinho reerguer

O Tottenham já não é campeão de Inglaterra desde 1960-61, mas para já a missão é vencer pela primeira vez no campeonato desde setembro e deixar o 14.º lugar. O português José Dominguez, ex-jogador do clube, acredita que Mourinho é o homem certo e fala da realidade dos spurs.

O Tottenham tem tido nos últimos anos um protagonismo como há muita não tinha. Nas últimas quatro temporadas, conseguiu sempre terminar o campeonato nas quatro primeiras posições e qualificar-se para a Liga dos Campeões, competição em que na época passada foi finalista vencido. Mas o arranque de 2018-19 não tem sido fácil: na Premier League os spurs não vencem desde 28 de setembro (e fora de casa desde 20 de janeiro) e ocupam o 14.º lugar, na Taça da Liga foram eliminados por uma equipa do quarto escalão (Colchester) e na Liga dos Campeões o percurso tem estado marcado por uma humilhante goleada em casa diante do Bayern Munique (2-7), embora o apuramento para os oitavos-de-final esteja bem encaminhado.

Os maus resultados dos últimos meses levaram à demissão de um dos principais obreiros do sucesso recente dos londrinos, o treinador argentino Mauricio Pochettino, e à contratação do treinador português José Mourinho, que assinou até junho de 2023, estando assim de regresso ao futebol inglês, depois de passagens pelo Chelsea e pelo Manchester United.

Ler mais

Exclusivos