Premium Sánchez ensaia tréguas com líderes catalães

Primeiro-ministro espanhol reúne-se com presidente da Generalitat, Quim Torra, numa minicimeira esta quinta-feira. Na sexta-feira, o governo socialista realiza a reunião semanal do Conselho de Ministros em Barcelona, acontecimento que será aproveitado pelos independentistas catalães para tentar que a sua voz seja ouvida.

Depois de Sevilha, esta sexta-feira é a vez de Barcelona receber o Conselho de Ministros de Pedro Sánchez, numa altura em que a tensão entre o Estado espanhol e os independentistas catalães não dá grandes sinais de acalmia. O primeiro-ministro fará esta quinta-feira à tarde uma tentativa de entendimento com os líderes da Catalunha, numa minicimeira com o presidente da Generalitat, Quim Torra, à qual assistirão apenas, do lado de Madrid, três ministros, do lado de Barcelona, três consellers do governo autónomo catalão. O encontro será às 18.00 locais, ou seja, 17.00 em Lisboa.

A ida do primeiro-ministro à capital da Andaluzia não produziu grandes efeitos e, nas eleições autonómicas de dia 2, o PSOE acabou com o seu pior resultado de sempre naquele que era ainda o grande feudo dos socialistas. A presidente da junta andaluz, Susana Díaz, eterna rival de Sánchez, pode mesmo ser afastada do poder por uma eventual coligação entre o Partido Popular, o Ciudadanos e o Vox. Sim. O Vox, partido de extrema-direita, elegeu 12 deputados na Andaluzia.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG