Premium O governo continua a enganar os professores

Nesta semana o Parlamento debateu as apreciações ao decreto-lei apresentado pelo governo, relativamente à contagem do tempo de carreira dos professores. Se não é novidade para este governo a contestação social, também não é o tema da contagem do tempo de carreira dos professores, que se tem vindo a tornar um dos mais flagrantes casos de incompetência política deste executivo, com o ministro Tiago Brandão Rodrigues à cabeça.

Nos últimos dois anos, o governo tem protagonizado um lamentável espetáculo de faz de conta, criando uma incerteza inadmissível nos docentes, através das negociações inconsequentes e da ambiguidade das afirmações públicas sobre um assunto tão importante para o futuro da educação em Portugal.

Ler mais

Exclusivos