Premium Quando o discreto António se fez Variações

Variações, filme de João Maia sobre a época em que o autor da Canção do Engate se tentava afirmar no panorama artístico, é um projeto que conta mais de dez anos e finalmente tem estreia marcada para 2019.

São duas da tarde e há dezenas de pessoas no Trumps, o clube gay lisboeta que poucos terão frequentado a esta hora do dia. Lá vem ele, de corpete preto e curtíssimos calções, corrente ao pescoço, uma espécie de relâmpago na orelha esquerda, quatro traços negros na cara. Sobre as costas, uma capa escarlate. Pede um isqueiro e acende um cigarro, próximo daquela barba loura e dos olhos claros.

Eis António Variações, nascido António Ribeiro em 1944, numa aldeia minhota, em Fiscal. O corpo é-lhe emprestado pelo ator Sérgio Praia, que entretanto começa a cantar Estou Além. A capella. Estamos nas filmagens do filme Variações, que apesar de ser a primeira longa-metragem de João Maia é já uma história antiga.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.