Premium Festivais locais lutam com os palcos gigantes da música

De Quiaios à ilha de Santa Maria, passando por Torre de Moncorvo, há pequenos festivais para todos os gostos (blues, alternativa, música do mundo) espalhados pelo país, mesmo numa semana em que o protagonismo é repartido entre o Super Rock e o Marés Vivas. Descubra o seu.

A partir desta semana são dezenas de festivais - pequenos, médios e grandes - que se realizam de norte a sul e com todos os géneros musicais, até ao princípio de setembro. Cada cartaz tem a sua oferta específica, mas não escondem uma rivalidade com os grandes palcos festivaleiros que atraem milhares de portugueses e estrangeiros.

O Super Bock Super Rock e o Meo Marés Vivas são uma espécie de gémeos separados à nascença, ou melhor, como dois irmãos de costas voltadas, cada um a tentar convencer a sua parte da família de que os seus argumentos são mais convincentes do que os do outro. São dois dos maiores festivais de música do verão português, que desde há alguns anos coincidem no mesmo fim de semana, aumentando assim a dificuldade de escolha a muitos fãs, apesar das muitas diferenças entre ambos.

Ler mais

Exclusivos