Premium Há milhares de britânicos "ilegais" em Portugal?

Muitos britânicos a residir em Portugal descobriram, à beira da (nova) data fixada para o Brexit, estar ilegais. Marcações no SEF lotadas e falta de informação completam o cenário de confusão.

Steve Bird é músico, inglês e tem 47 anos. Vive em Lisboa desde 2009, com a namorada portuguesa. Trabalha, paga impostos, tem um número de identificação fiscal e de segurança social e conta num banco. Em dez anos em Portugal, nunca lhe pediram um certificado de residência, mas com a proximidade do Brexit, achou que devia dirigir-se ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para requerer um.

Já tinha tentado pedir esse documento em 2013 mas nessa altura informaram-no de que apenas podia fazê-lo ao fim de cinco anos no país. O tempo foi passando e só recentemente, perante a perspetiva de um Brexit "à bruta" - sem acordo e portanto em total incerteza -, começou a tentar fazer uma marcação no SEF para o efeito.

Ler mais

Exclusivos