Premium CDS e Chega propõem alteração que interdita Festa do Avante!

Os dois partidos avançaram com propostas de alteração que acabam com as exceções à proibição de realização de festivais e espetáculos análogos.

O Parlamento debate nesta quinta-feira a proposta de lei do Governo que proíbe a realização de festivais e outros espetáculos "de natureza análoga" até 30 de setembro de 2020, o documento que lançou a dúvida sobre se a proibição abrange ou não a Festa do Avante!.

Em cima da mesa estão já quatro propostas de alteração, duas das quais, a serem aprovadas, resultariam numa interdição da festa de rentrée dos comunistas. O CDS propõe retirar do documento a alínea que admite exceções à proibição determinada para os festivais e espetáculos análogos - que, de acordo com a proposta do Governo, podem decorrer desde que tenham "lugar marcado e no respeito pela lotação especificamente definida pela Direção-Geral da Saúde [DGS] em função das regras de distanciamento físico que sejam adequadas".

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG