Premium Chefias militares souberam da demissão pela imprensa

A demissão do ministro da Defesa surgiu numa altura em que a desconfiança e o mal-estar crescia nas fileiras.

A demissão de Azeredo Lopes como ministro da Defesa chegou nesta sexta-feira aos gabinetes dos chefes militares pelas notícias, garantiram fontes castrenses ao DN.

Ouvidas sob anonimato, por não estarem autorizadas a falar sobre uma matéria sensível, as fontes disseram desconhecer que esteja previsto algum encontro de despedida entre Azeredo Lopes e os quatro chefes militares.

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG