Premium Contra o analfabetismo

DN de 12 de setembro de 1931 noticiava campanha contra o analfabetismo, promovida pelo próprio jornal.

No DN datado de 12 de setembro de 1931 falava-se da segunda edição da Volta a Portugal em bicicleta, com vitória de José Maria Nicolau na etapa Beja-Évora e conquista da camisola amarela, também de uma catástrofe em Macau, com a terrível explosão do paiol da Flora, e ainda da campanha contra o analfabetismo, considerado "um grande problema nacional".

Aplaudida em todo o país, a campanha contra o analfabetismo promovida pelo próprio jornal atraiu doações generosas, como a de um leitor anónimo que escreveu para a redação, então na Rua do Diário de Notícias (Bairro Alto, antiga Rua dos Calafates, Lisboa) a oferecer três mil metros quadrados na capital para construção de uma escola com balneário e cantina.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.