Premium A história de Vianinha, um pioneiro nos clássicos entre Sporting e FC Porto

Brasileiro chegou à Europa em 1935 com Itália como destino, mas os ecos de guerra fizeram-no ficar por Portugal, onde foi o primeiro a vestir as camisolas de Sporting e FC Porto no campeonato.

Numa década de 1930 conturbada à escala global, foi a invasão da Etiópia pela Itália de Mussolini que fez de Marins Alves de Araújo Viana uma personagem histórica dos clássicos entre Sporting e FC Porto. Os dados disponíveis realçam-no como o primeiro futebolista a ter vestido a camisola dos dois rivais no campeonato desde que este arrancou, em 1934, ainda sob a denominação de Liga Experimental. No futebol português, tornou-se conhecido por Vianinha, um defesa de grande porte atlético que começou por jogar no Sporting, em 1935, e se mudou depois para o FC Porto, com uma breve passagem por França pelo meio, representando os azuis e brancos durante duas temporadas.

Marins Viana, que começou por jogar em equipas do interior de São Paulo até chegar, mais tarde, ao Corinthians, deixou-se seduzir pelas histórias de Fernando Giudicelli. Médio brasileiro já com experiências vividas no futebol europeu, Giudicelli convenceu Vianinha e o guarda-redes Jaguaré a tentarem a sorte no futebol italiano em 1935. Mas as notícias do eclodir da Guerra Ítalo-Etíope, quando faziam escala em Lisboa, levaram o trio de brasileiros a desistir do resto da viagem. Ficaram pela capital portuguesa. E pelo Sporting.

Ler mais

Exclusivos