Premium Uma foto com Shawn Mendes ou ir ao museu quando quiser: a oferta VIP na cultura

Está disponível para pagar mais e ter acesso a oferta exclusiva na cultura em Portugal? Há algumas opções ao dispor nos museus, cinemas e espetáculos.

Em março de 2019, Inês e Tiago, os filhos adolescentes de Sílvia Martins vão encontrar-se com Shawn Mendes, na Altice Arena - pela segunda vez. Sempre que pode, a advogada gosta de proporcionar estes momentos aos filhos, ainda que tenha de desembolsar 400 euros por cada bilhete para o espetáculo e para o meet and greet - assim se chamam estes momentos em que os fãs convivem de perto com os seus ídolos. Os dois jovens já estiveram com o músico em 2017 e vão voltar a estar para o ano. «Foi espetacular», diz a mãe, explicando que entraram por um local diferente da multidão, tiveram acesso a merchandising próprio, tiraram uma fotografia com o ídolo e participaram numa sessão de perguntas e respostas. E, claro, viram o concerto na primeira fila. Inês tem «uma tela gigante» no quarto, com a fotografia que tirou. «Marca muito, vale a pena», diz assertiva Sílvia Martins, sempre atenta aos espetáculos que aí vêm. Desta vez esteve duas horas a tentar a compra online até conseguir os dois bilhetes. «Esgota sempre», diz.

Esta é uma tendência atual, reconhece Álvaro Covões, diretor da promotora Everything is New - que organiza, entre outros, o NOS Alive. «Nos concertos há pacotes VIP que são mais vocacionados para os verdadeiros fãs, que tem acesso a um bom lugar e a privar com o artista», refere recordando que quando Adele esteve em Portugal, um grupo de fãs que comprou os bilhetes VIP assistiu ao espetáculo na fila da frente e... jantou com a cantora. Quando o artista permite, é disponibilizado o bilhete VIP: «é um fenómeno cada vez maior, em linha com o que se faz a nível mundial», refere.

Ler mais

Exclusivos