Álvaro Lins em Lisboa e a Ribeira das Naus a estrear

Numa primeira página com notícias que iam da Política ao Desporto, dois temas eram destacados nesta data: a chegada do escritor brasileiro a Lisboa e a abertura da nova via lisboeta aos carros

Numa tira estreita mas colocada bem no meio da capa, o Diário de Notícias homenageava o escritor brasileiro que acabara de chegar a Lisboa com a mulher. "A bordo do paquete Serpa Pinto, que ontem de manhã regressou ao Tejo, chegou como anunciámos o conhecido escritor e ensaísta brasileiro Álvaro Lins, que vem visitar o nosso país a convite do Secretariado Nacional da Informação", relatava o DN, acrescentando que o brasileiro trouxera a mulher, Heloísa, tendo ambos sido recebidos por uma comitiva de personalidades destacadas de Portugal e do Brasil.

Ao lado, com mais destaque, dava este jornal conta da inauguração que prometia alterar o mapa de estradas de Lisboa: "a nova avenida da Ribeira das Naus foi aberta ao trânsito", escrevia-se, descrevendo como o trânsito podia agora fluir. "Pela nova avenida começaram a seguir automóveis, camiões e bicicletas (...) ao passo que os elétricos, os autocarros e as carroças continuam a utilizar a rua do Arsenal".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

"Gilets jaunes": se querem a globalização, alguma coisa tem de ser feita

Há muito que existe um problema no mundo ocidental que precisa de uma solução. A globalização e o desenvolvimento dos mercados internacionais trazem benefícios, mas esses benefícios tendem a ser distribuídos de forma desigual. Trata-se de um problema bem identificado, com soluções conhecidas, faltando apenas a vontade política para o enfrentar. Essa vontade está em franco desenvolvimento e esperemos que os recentes acontecimentos em França sejam mais uma contribuição importante.