Aconteceu em 1935 - Italianos entram em Axum, antiga capital da Etiópia

DN de 9 de outubro de 1935 dava conta dos avanços italianos na Etiópia, país que Mussolini estava decidido a conquistar.

"Os italianos entram em Axum, antiga capital da Etiópia", noticiava com grande destaque na primeira página a edição de 9 de outubro de 1935 do DN. A partir da sua colónia na Eritreia, a Itália de Benito Mussolini procurava conquistar o grande país cristão da África Oriental, a terra do mítico Prestes João, com a qual os portugueses mantiveram estreitas relações nos séculos XVI e XVII. Já no final do século XIX a Itália tinha tentado conquistar a Etiópia, também conhecida como Abissínia, mas agora era o regime fascista que sonhava com um império. A resistência etíope, porém, era forte, como mostrava um dos pós-títulos da manchete do DN: "Por sua vez, as tropas abexins fizeram uma incursão na Eritreia, onde tomaram a cidade de Adi Caieh."

Os italianos foram finalmente derrotados em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, graças ao apoio que os britânicos deram aos etíopes, novamente independentes, com capital em Adis Abeba, hoje sede da União Africana. Mas antes foi levado para Roma, como troféu de guerra, o obelisco de Axum, que só em 2008 voltou a ser erguido na antiga capital etíope.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG