Premium O som do silêncio

Na praia da Barra, onde morei durante quatro anos, era o vento, o grasnar das gaivotas e, de vez em quando, o mar.

Em Florença, onde fiz o doutoramento, chegava dos sinos distantes, das vozes estranhas e desesperadas do hospital psiquiátrico em frente e dos comboios a passar (aprendi que até os comboios podem transportar silêncios).

Em Lisboa o silêncio esconde-se, mas anda por aí, nos pássaros que debicam a nespereira do vizinho, nos rádios sintonizados em estações distantes, nos pés que se arrastam lentamente pelo soalho, nas asas dos pombos, nos gatos que são silêncios de quatro patas. A vizinha suspira, ou sou eu que invento o suspiro, alguém canta ou sou eu que invento melodias.

Nuno Camarneiro

Ler mais

Exclusivos

Premium

Brexit

"Não penso que Theresa May seja uma mulher muito confiável"

O diretor do gabinete em Bruxelas do think tank Open Europe afirma ao DN que a União Europeia não deve fechar a porta das negociações com o Reino Unido, mas considera que, para tal, Theresa May precisa de ser "mais clara". Vê a possibilidade de travar o Brexit como algo muito remoto, de "hipóteses muito reduzidas", dependente de muitos fatores difíceis de conjugar.