Premium Navegar É Preciso - Sequestrados de verão

A fazer fé nos meteorologistas, a onda de calor que, durante dias, nos fez sentir como se andássemos de viagem por Marraquexe ou por Tunis, chegará - por agora - a um momento de "rebentação". Ou de recessão, como preferirem. Tal não invalida que continuemos a suar, a aceitar como uma bênção a necessidade de hidratação, a procurar refúgio nas brisas (quando se manifestem...), nas ventoinhas e nos leques, mais do que nos ares condicionados, tantas vezes traiçoeiros. Para muitos, o "consumo" de cultura não tem relação direta com a sazonalidade. Confesso o pecado de não pensar exatamente assim e, prova corriqueira disso mesmo, está o facto de, durante anos, ter cumprido um ritual de descompressão e de pura alegria no dia preciso em que começavam as férias: escutar e cantarolar o clássico Tarde em Itapoã, entregue pelas vozes de Vinicius de Moraes e de Toquinho. Valia como um hino de abertura a tudo o que escapava ao longo dos meses de trabalho ou de aulas. Inspiradamente: "Um velho calção de banho / O dia pra vadiar / Um mar que não tem tamanho / Um arco-íris no ar." Perfeito. Nem sequer o contacto real com a praia próxima de Salvador, Baía, Brasil, suja e descuidada, conseguiu esbater a via rápida que a cantiga proporciona em direção ao cenário ideal. Talvez por isso, a bossa-nova - de Nara Leão a Stan Getz, mas sempre com Tom Jobim e João Gilberto - se transformasse no género eleito para o verão. Ou até para uma qualquer e convicta "aspiração estival".

Um amigo meu era muito mais fundamentalista nestas matérias: apesar das reposições no cinema coincidirem, muitas vezes, com os meses de calor, ele sempre se recusou a descobrir o filme Lawrence da Arábia, o épico subtil de David Lean, nessa época do ano. Esperou pacientemente por um encontro que lhe permitisse, concluída a projeção, sair da sala e dar de caras com a chuva, o vento e o frio. Seguindo esse voto, também se resignou a ver
A Marcha dos Pinguins, o documentário "familiar" de Luc Jacquet quem tem por estrelas os animaizinhos da Antártida, em suporte DVD, com a sessão obviamente programada para o verão.

Ler mais

Exclusivos