Huawei: como Portugal foi parar ao meio da guerra comercial EUA-China
Premium

Telecomunicações

Huawei: como Portugal foi parar ao meio da guerra comercial EUA-China

Autoridades norte-americanas pressionam país a cancelar parceria com a empresa chinesa para as redes 5G, anunciada durante visita de Xi Jinping. Como acabámos entre a espada e a parede nesta guerra comercial e de segurança.

Na semana passada, o presidente da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC), Ajit Pai, esteve em Portugal com um único objetivo: fazer pressão contra a anunciada parceria entre a Altice e a chinesa Huawei para a implantação no país da futura rede de telecomunicações 5G (quinta geração). Os argumentos de Ajit, enfaticamente reforçados pelo embaixador norte-americano no país, George Edward Glass, num tom que poderia mesmo ser entendido como ameaçador, assentaram nos riscos para a segurança dos Estados Unidos e seus aliados alegadamente colocados pela proximidade entre a empresa em causa e as autoridades de Pequim.

Ler mais

Exclusivos