Premium Condutores bebem de mais e "não têm problema em ir para a estrada"

Há mais multas a automobilistas por conduzirem com mais de 0,8 gramas de álcool por litro de sangue do que a condutores com taxa entre 0,5 g/l e 0,7 g/l. GNR diz que os portugueses têm de mudar hábitos. Projeto 100% Cool vai reforçar ações de sensibilização no Algarve.

Os condutores portugueses "bebem exageradamente e não têm problema nenhum em pegar no carro e ir para a estrada". Este comportamento de risco é denunciado ao DN pelo tenente-coronel Paulo Gomes, responsável pela Divisão de Trânsito e Segurança Rodoviária da GNR, e confirmado pelos dados oficiais da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária referentes ao primeiro semestre de 2018.

Nos dados a que o DN teve acesso conclui-se que nas multas passadas por condução com excesso de álcool - a partir de 0,5 gramas de álcool por litro de sangue - mais de metade foi a condutores com taxa entre 0,8 g/l e 1,19 g/l. Ou seja, no limiar de o automobilista poder ser acusado de praticar um crime (igual ou acima de 1,2 g/l).

Ler mais

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG