Premium Como atrair alunos estrangeiros? Opiniões na net são mais decisivas do que rankings

Universidades investem muito na posição nos rankings para atrair alunos internacionais mas estudo revela que estes procuram outras características, como o ambiente multicultural, em sites específicos e nas redes sociais.

As instituições do ensino superior estão cada vez mais atentas à imagem que transmitem para o exterior, fundamental para a sua capacidade de atrair alunos estrangeiros. Mas um estudo realizado no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, no âmbito de uma tese de mestrado, mostra que provavelmente estão a concentrar esforços em fazer boa figura nos grandes rankings internacionais, como os que são produzidos pelo Financial Times e pela Universidade de Xangai, e a prestar menos atenção a plataformas mais informais, como redes sociais e sites dedicados. Nestes são partilhadas opiniões e avaliações sobre aspetos que muitas vezes não constam dessas listagens mas que se revelam tão ou mais decisivos na escolha dos estudantes.

Num típico ranking internacional, os estudantes têm acesso a informações como indicadores de empregabilidade e salários médios dos diplomados, internacionalização do corpo docente, artigos científicos produzidos e citados e até número de professores e antigos alunos que ganharam prémios Nobel.

Ler mais