Premium Fernando. Ascensão e promessas do reforço do Sporting que vendia feijão à porta do estádio

Extremo brasileiro de 20 anos vai atuar no Sporting por empréstimo do Shakhtar até ao final da época. Antes de se tornar profissional prometeu à mãe que ela ia deixar de se preocupar com as contas da casa e ao pai que iria jogar no estádio onde vendia feijão-tropeiro.

Fernando dos Santos Pedro, de 20 anos, extremo-esquerdo brasileiro, foi uma das três caras novas garantidas pelo Sporting em cima do fecho do mercado. Chegou por empréstimo de um ano do Shakhtar Donetsk, clube ucraniano pelo qual assinou em 2018, ainda o português Paulo Fonseca era o treinador da equipa.

À semelhança da grande maioria dos jogadores brasileiros, Fernando teve uma infância e adolescência difíceis. Mas em poucos anos conseguiu passar de vendedor de feijão-tropeiro (prato típico de algumas regiões do Brasil feito à base de feijão misturado com farinha de mandioca, torresmo, linguiça, ovos, alho, cebola e outros temperos) à porta do estádio a jogador de futebol profissional. Um salto que lhe permitiu cumprir as promessas feitas aos pais e proporcionar-lhes hoje uma vida melhor.

Ler mais

Exclusivos