Premium O diabo veste beca

"Neto de Moura sente-se enxovalhado", lê-se na primeira página de um jornal. A piada estaria feita, sem mais explicações, não fosse o próprio juiz ainda não a ter compreendido. Talvez nós possamos dar uma ajuda.

Comecemos por chamar o juiz pelo nome: Joaquim Neto de Moura. E não venham dizer que estamos a invocar o "santo" nome de um juiz em vão, que isso, tanto quanto sei, ainda não é pecado e, muito menos, crime. Até porque, na categoria de crimes deste juiz, cabe tudo - ou quase tudo -, como é facilmente constatável pelos seus acórdãos em casos de violência doméstica.

Ler mais

Exclusivos