E se os animais pudessem ir connosco para o trabalho todos os dias?

Em Portugal a tendência ainda é pouco expressiva, mas vai havendo cada vez mais empresas abertas à ideia de levar os animais para o trabalho e a renderem-se aos muitos benefícios atestados pela ciência. É só dar-lhes trela.

Até há uns seis anos, antes de poder ter Whisky consigo o dia inteiro, a vida era bastante mais dura para João Caxaria. Sempre levou a sério a máxima de que os cães são os nossos melhores amigos (o dele é). Sair para trabalhar e deixá-lo sozinho era um pesadelo para os dois: "Os animais não foram feitos para ficar fechados ou presos horas a fio, sobretudo quando não tem de ser assim", defende o matemático e cofundador da Codacy, a startup de limpeza de erros de código que criou em 2012 com Jaime Jorge, engenheiro de software. E se o cão fosse consigo para o emprego? E se?

Leia mais em DN Life

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.