Premium As "sensacionais" Festas de Coimbra

O DN de 3 de julho de 1935, uma quarta-feira, dava grande destaque na primeira página às Festas de Coimbra, que se iriam realizar no fim de semana seguinte. O jornal era um dos promotores do evento na cidade do Mondego.

"É extraordinário e indescritível o entusiasmo que vai por este país fora por causa das Festas de Coimbra", escrevia o DN na sua primeira página de 3 de julho de 1935. Organizadas pelo jornal, pela revista Eva e pela Junta Geral do Distrito, o evento comemorava a inauguração do "maior e mais importante sanatório da Península - dos melhores do mundo", o Sanatório da Colónia Portuguesa do Brasil na Quinta dos Vales, obra do professor Bissaia Barreto, elogiado no artigo como benemérito. As festividades incluíam, no sábado, "o grande e original 'Baile do Romantismo' nos formosíssimos jardins da Quinta dos Vales" e, no domingo, "o cortejo medieval e o torneio de cavalaria", organizado por Leitão de Barros, o cineasta que realizou A Severa, o primeiro filme português sonoro. Um "acontecimento sensacional", sintetizava o DN.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.