Premium Maria da Graça Carvalho: "É preciso incentivar a mobilidade no ensino superior"

Abrir as portas a mais estudantes é o desígnio a que se propõe o PSD com um conjunto de medidas ontem apresentadas para o ensino superior. Maria da Graça Carvalho, antiga ministra da Ciência e Ensino Superior, defende ao DN um maior investimento público e das instituições no recrutamento de alunos da via profissional. Mas os sociais-democratas querem também mais residências universitárias e que se ajude o interior.

É preciso aumentar a base de recrutamento no ensino superior, diz o PSD, e apresentou ontem um conjunto de medidas para levar mais jovens portugueses e estrangeiros a ingressar nas universidades e politécnicos. Maria da Graça Carvalho, coordenadora do PSD para este setor no Conselho Estratégico Nacional (CEN), garante que é preciso maior equidade, distribuição geográfica e diversidade nos alunos que ingressam neste grau de ensino.

Maria da Graça Carvalho lembra ao DN que a maioria dos estudantes que não prosseguem os estudos após o secundário são os da via profissional, quando 80% dos inscritos no ensino superior são provenientes das áreas Científica e Humanística. "Só um em cada cinco alunos do ensino profissional continua para o superior. Temos de atuar aqui", garante a antiga ministra da Ciência e Tecnologia dos governos de Durão Barroso e de Santana Lopes.

Ler mais

Exclusivos