Premium Por terra, pelo ar e sobre o mar: estas mulheres desafiaram o seu tempo

Maria de Lourdes sentiu-se como uma ave libertada do cativeiro, Cesina Bermudes doutorou-se em Medicina com 19 valores, Manuela de Azevedo enfrentou o mundo masculino dos jornais. Domitila, Maria Cândida e Maria Guardiola ocuparam cadeiras no Parlamento. Estas foram as primeiras mulheres portuguesas em vários campos e abriram caminhos nunca antes percorridos.

Maria de Lourdes Sá Teixeira

"Voei, voei enfim!"
"Foi na linda manhã de 1 de junho do ano corrente, prestes a sumir-se nos umbrais do século XX, que fui largada na pista da Escola Militar de Aviação. Semelhante à avezita que subitamente se vê liberta de um cativeiro de longos meses, entre as grades da sua prisão, e que voa, voa, em pleno ar, respirando sofregamente a sua pureza na imensidade do espaço infinito, análoga sensação senti, ao ver abrirem-se para mim, de par em par, as portas do AR, e, sozinha, num à-vontade, alegre e confiante, a mão firme na 'manche', numa ânsia louca de subir, voei, voei enfim."

Ler mais

Exclusivos