Premium 63% dos eurodeputados da nova legislatura são estreantes

Novo Parlamento Europeu saído das eleições europeias de maio é constituído nesta terça-feira, dia 2 de julho.

O Parlamento Europeu mais fragmentado de sempre é constituído nesta terça-feira em Estrasburgo. 63% dos deputados eleitos nas europeias de maio para a legislatura de 2019-2024 são novatos. Apenas 37% são repetentes. Há cinco anos a diferença na relação foi de 50-50, assinala uma newsletter do Vote Watch, organização de supervisão do trabalho realizado pelos eurodeputados e o resultado das decisões do Conselho Europeu.

Os alemães, nota a organização, foram os que mais conseguiram manter as suas pastas, tendo só 52% de novatos. O mesmo não poderão dizer os franceses, com 73% de novos eleitos, nem os romenos, com 75%. Haverá igualmente muitas caras novas entre os eurodeputados de Itália, com 62% de novatos, de Espanha, 69%, e do Reino Unido, 70%. No caso italiano, Silvio Berlusconi, ex-primeiro-ministro italiano e líder do Força Itália, de 82 anos, é um dos poucos históricos a regressar a Estrasburgo e a Bruxelas depois de já ter sido eurodeputado entre 1999 e 2001.

Ler mais

Exclusivos