Premium O professor campista que vai suceder a Ricardo Robles

O DN conta quem é o sucessor bloquista na Câmara de Lisboa. Um professor campista que chegou à militância partidária por causa do sindicalismo.

As férias do novo vereador do BE na Câmara de Lisboa não se sujeitam às flutuações do mercado imobiliário: Manuel Grilo é campista. Estando a acampar com a mulher em Barcelona, lá continuará mais uns dias, pelo menos até ao final desta primeira semana de agosto, que é quando deverá substituir Robles na vereação. Diz que prefere o campismo porque lhe dá "mais liberdade de movimentos" pela ligação à natureza. Está a estrear na capital catalã uma tenda "um bocadinho maior do que as outras" comprada recentemente.

Manuel Grilo foi apanhado de surpresa pela notícia da renúncia de Ricardo Robles. E pela sua consequência prática, a sua própria ascensão ao governo da cidade. Era o número três da lista e portanto o lugar de Robles seria naturalmente ocupado pela número dois, Rita Silva. Mas esta recusou: sempre foi contra o acordo que o BE fez com o PS de Fernando Medina; e quer continuar a devotar o seu ativismo à associação Habita, um coletivo que pugna pelo direito à habitação.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.