Wegelin vai pagar 56,7 ME por ajudar à evasão fiscal

O banco suíço Wegelin viu-lhe ser aplicada, esta segunda-feira, uma sanção de 74 milhões de dólares (56,7 milhões de euros) por conspirar com contribuintes dos Estados Unidos na ocultação de fundos ao fisco, escondendo-os em contas suíças.

O Wegelin vai pagar uma multa de 58 milhões de dólares (44,5 milhões de euros), de acordo com uma sentença proferida, esta segunda-feira, por um tribunal federal do distrito do sul de Nova Iorque, segundo indicou a Procuradoria, num comunicado.

" sanção soma-se um montante de 16,2 milhões (12,4 milhões de euros) que as autoridades confiscaram, em abril do ano passado, nas contas do banco em território norte-americano.

A Procuradoria calcula que esse banco suíço ajudou a esconder da Tesouraria dos Estados Unidos um montante de aproximadamente 1.500 milhões de dólares (1.151 milhões de euros).

"O Wegelin pagou um preço avultado por instigar e ajudar a fraude fiscal", apontou o procurador distrital, Preet Bharara, num comunicado, citado pela agência Efe, em que alerta outras instituições bancárias ou conselhos fiscais para prestarem atenção ao caso.

"Os contribuintes norte-americanmos com contas não declaradas, onde quer que estejam, devem saber quer o seu banco pode ser o seguinte", pelo que devem pagar "antes de os encontrarmos", rematou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG