UGT apoia greve da Função Pública em junho

A central sindical liderada por Carlos Silva anuncia em conferência de imprensa a decisão de apoiar a greve convocada pelos sindicados da Frente Comum, para junho.

Segundo Carlos Silva, o Governo "intransigente" de Passos Coelho "fechou a porta". Por isso "a luta vai passar para a rua".

A decisão integra uma resolução aprovada por unanimidade e aclamação na reunião de hoje do Secretariado Nacional da UGT, divulgada em conferência de imprensa.

"O Secretariado Nacional da UGT decidiu apoiar a convocação de uma greve geral na Administração Público para o mês de junho, de forma concertada ou em convergência com as demais organizações sindicais do setor", anunciou aos jornalistas o secretário geral adjunto da UGT, Nobre dos Santos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG