Trabalhadores da Soflusa vão aderir à greve geral

Os trabalhadores da Soflusa, empresa que faz a ligação fluvial entre o Barreiro e Lisboa, aprovaram hoje a adesão à greve geral de quinta-feira, disse à Lusa fonte sindical.

"No plenário estiveram mais de 40 trabalhadores da Soflusa e foi aprovada a adesão e a participação dos trabalhadores na greve geral", disse à Lusa Frederico Pereira, da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans).

O sindicalista adiantou que a empresa marcou uma reunião com as estruturas representativas dos trabalhadores para o dia 28 de junho, onde vai ser discutida a adequação de efetivos e os Acordos de Empresa.

"Foi marcada uma reunião, primeiro para a Soflusa, e depois também para a Transtejo, para o dia 28 de junho, à mesma hora. Decidimos que vamos realizar depois um plenário, na próxima semana, para dar conta aos trabalhadores do que foi o resultado da reunião", acrescentou.

A Transtejo é a outra empresa do grupo, que é responsável por todas as ligações entre a Margem Sul e Lisboa, com exceção da ligação do Barreiro, que pertence à empresa Soflusa.

"Na empresa Transtejo não foi feito nenhum plenário geral para decidir a adesão à greve geral, mas a indicação que tenho, dos contactos efetuados, vai no sentido de também aderirem", concluiu.

Devido ao plenário da hoje, as ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa estiveram paradas mais de duas horas, tendo sido retomadas depois das 16:00.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG