Trabalhadores da Autoridade para as Condições do Trabalho fazem greve

Paralisação de dia 28 abrange todas as carreiras, nomeadamente inspetores, técnicos superiores, assistentes técnicos e assistentes operacionais, num total de cerca de 700 trabalhadores.

O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (SINTAP) e o Sindicato dos Inspetores do Trabalho (SIT) marcaram uma greve conjunta dos trabalhadores da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) para dia 28, foi hoje divulgado.

O secretário-geral do SINTAP, José Abraão, disse à agência Lusa que a paralisação, que se realiza na data em que se comemora o Dia Nacional e Internacional da Prevenção, Segurança e Saúde no Trabalho, abrange todas as carreiras da ACT, nomeadamente inspetores, técnicos superiores, assistentes técnicos e assistentes operacionais, num total de cerca de 700 trabalhadores.

"Na origem da convocação desta greve está o permanente desrespeito para com estes trabalhadores, que exigem a dignificação das suas carreiras, o respeito pelos respetivos conteúdos funcionais e melhores condições de trabalho", disse o sindicalista.

A data escolhida para a greve é simbólica, explicou.

"Comemora-se o dia da Prevenção, Segurança e Saúde no Trabalho, mas a ACT não tem meios suficientes para fiscalizar o setor privado nesta matéria e na administração pública ninguém fiscaliza esta área", disse José Abrãao.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG