Sonae prevê abertura de quatro hipermercados em Angola

O projecto de expansão da Sonae em Angola consiste no estabelecimento de quatro hipermercados em Luanda e aguarda aprovação do governo, após aprovação da Lei do Investimento Privado, disse hoje o presidente executivo do grupo.

Paulo Azevedo, que falava durante a apresentação do relatório de sustentabilidade de 2010 da Sonae, disse que o projecto "já deu entrada na ANIP [Agência Nacional para o Investimento Privado]" e que agora resta aguardar, estando a ser levados a cabo vários estudos naquele território. "Estamos à espera da aprovação, ou não, do nosso projecto", iniciativa essa que, referiu o presidente executivo da Sonae, "não será de curto prazo" se o governo entender que a proposta é "meritória". O projecto prevê a abertura de quatro hipermercados e tem como objectivo "ser líder de mercado", declarou Paulo Azevedo, naquele que é mais um passo no processo de internacionalização do grupo português.

A Sonae fechou o acordo com a Condis, empresa maioritariamente detida pela empresária Isabel dos Santos, para a entrada do grupo português em Angola com uma rede de hipermercados com a marca Continente a 15 de Abril. Em comunicado, enviado em maio, a Sonae anunciou que "o acordo concretizar-se-á pela criação de uma parceria cujo capital é detido em 51 por cento pela Condis e em 49 por cento pela Sonae, em que as decisões relevantes são partilhadas, cabendo à Sonae a gestão operacional".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG