26 outubro 2012 às 17h13

Segurança Social espera arrecadar 590 milhões em cobranças coercivas

O Governo estima arrecadar 590 milhões de euros até ao final do ano através de cobranças coercivas, recuperando assim verbas em dívida à Segurança Social, afirmou hoje o secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social.

/img/placeholders/redacao-dn.png
Lusa, publicado por Ricardo Simões Ferreira
/img/placeholders/redacao-dn.png
Lusa, publicado por Ricardo Simões Ferreira