Schäuble admite terceiro resgate para a Grécia

O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schauble, declarou hoje que vai haver um novo programa de ajuda financeira para a Grécia, o que levou a um desmentido imediato por parte do Governo de Atenas.

Schauble afirmou, durante um evento de campanha eleitoral perto de Hamburgo, que "a Grécia vai ter necessidade de um novo programa", acrescentando ainda que tal já havia sido afirmado perante a opinião pública.

Poucas horas depois, o ministro grego das Finanças, Yannis Sturnaras, reagiu ao governante alemão ao desmentir a necessidade de um novo resgate financeiro: "Não, não estamos a falar desse tipo de coisas", afirmou, depois de uma reunião sobre as próximas reformas do Estado.

Sturnaras mostrou-se confiante de que Atenas vai cumprir atempadamente as suas obrigações para com o atual programa da 'troika' (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional), o segundo, aprovado no ano passado.

Na quarta-feira, o membro alemão do conselho executivo do Banco Central Europeu, Jorg Asmussen, vai viajar até à capital grega para levar a cabo reuniões bilaterais com políticos e membros da sociedade sobre o programa de ajustamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG