"Saio descansado porque deixo o grupo em boas mãos"

O antigo presidente do conselho de administração da Jerónimo Martins, Alexandre Soares dos Santos, que hoje foi substituído no cargo pelo filho, disse à Lusa que sai descansado da liderança da empresa porque o grupo fica em "boas mãos".

Os acionistas da Jerónimo Martins aprovaram hoje, em assembleia geral extraordinária, o nome de Pedro Soares dos Santos para presidente do conselho de administração da empresa, depois do pai ter anunciado, a 24 de setembro último, o pedido de renúncia do cargo, por considerar "ter chegado ao fim a trajetória" que iniciou há mais de 40 anos.

"Hoje é um dia de sentimentos contraditórios para mim", disse à Lusa Alexandre Soares dos Santos, confessando que por um lado sente "uma certa melancolia por um caminho longo e cheio de significado que chega ao fim".

Por outro, "um profundo sentimento de realização pela obra que foi possível construir nos últimos 46 anos", sublinhou o gestor.

"Acima de tudo, saio descansado porque sei que deixo o grupo [Jerónimo Martins] em boas mãos. E, agora, vou fazer outras coisas", concluiu Alexandre Soares dos Santos, que agora vai passar a dedicar-se à presidência do conselho de administração da sociedade Francisco Manuel dos Santos e da Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Alexandre Soares dos Santos sai da liderança do grupo no mesmo ano em que a Jerónimo Martins entrou no mercado colombiano.

Além de presidente do conselho de administração, Pedro Soares dos Santos acumula o cargo de administrador-delegado da empresa, de acordo com a informação divulgada pela Jerónimo Martins ao mercado.

O grupo está presente em Portugal, Polónia e Colômbia.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG