Proposto imposto sobre transferências de jogadores

O eurodeputado belga Marc Tarabella propôs hoje à Comissão Europeia a criação de um novo imposto sobre as transferências dos jogadores, de forma a fomentar o "fair-play" económico entre os clubes europeus de futebol.

O imposto sugerido pelo eurodeputado propõe um aumento das indemnizações pagas entre os clubes durante o processo de transferência de um jogador e tem como principal objetivo "melhorar a redistribuição dos fundos entre os clubes ricos e os menos endinheirados".

Segundo afirmou à Comissão Europeia Marc Tarabella, os clubes de futebol gastam atualmente cerca de três milhões de euros em transferências de jogadores por ano, sendo que apenas 2% das indemnizações negociadas nestes processos são efetivamente pagas aos clubes de menores dimensões.

Para o socialista belga, esta situação tem sido agravada pela existência de "salários excêntricos" e por casos de "desequilíbrio financeiro nas contas da maioria dos grandes clubes europeus", dando como exemplo o caso do FC Barcelona, que se encontra, alegadamente, "endividado em 578 milhões de euros".

O socialista belga adiantou ainda que entre os 15 campeonatos regulados pela UEFA os valores salariais dos jogadores ultrapassam em 70% as receitas dos clubes, situação que considera ser "insustentável".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG