Produtores: Ministro da Agricultura é "incompetente"

O presidente da Associação Nacional de Produtores de Leite e Carne classificou hoje de "incompetente" o ministro da Agricultura e voltou a exigir um preço mínimo para o leite na produção e marcou uma manifestação para dia 31.

"Temos pela frente um ministro da Agricultura incompetente", afirmou José Lobato numa conferência de imprensa, esta manhã, em Braga.

Os produtores de leite e carne exigem um "preço mínimo de 40 cêntimos por quilo para o leite", contra os 27 a 33 cêntimos que são pagos actualmente.

"Queremos apenas o preço justo, que dê ao menos para pagar os custos de produção", defendeu José Lobato.

Os produtores querem também a intervenção das entidades reguladoras e apoios directos à produção.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG