Portugal é o país da Europa onde o café é melhor e mais barato

Segundo o responsável da AHRESP (Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal), Portugal é o país da Europa onde o café é mais barato, embora a qualidade do produto que é comprado "seja excepcional". A seguir "só em Espanha e na Macedónia se encontra uma média de preços de um euro e tudo o resto anda à volta dos três, quatro e até cinco euros".

Mário Gonçalves mostra-se preocupado com a necessidade desta actualização de preços, pois na actual conjuntura "os consumidores não têm poder de compra para pagar isto e há muita coisa a ser exigida ao sector, custos de contexto que não fazem sentido e que tiram competitividade". No final, antecipa, "só os grandes vão conseguir resistir".

O responsável acusa o Estado de sobrecarregar o sector com "custos de contexto", como taxas "para tudo", que vão "do uso da esplanada aos custos da qualidade do ar, da higiene e alimentação no trabalho, da medicina, da formação, tudo". Por isso, a associação "está a fazer pressão junto do Governo e da Assembleia da República para que se altere a legislação".

A Lusa contactou a Associação Industrial e Comercial do Café, que representa, por exemplo, os três principais torrefactores - Nutricafés, Delta e Nestlé -, mas não obteve resposta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG