Pensar os portos em cadeia

Para António Belmar da Costa, "não se pode dissociar um porto do sistema portuário no qual está inserido".

Sendo todos importantes, "têm diferentes potencialidades, que devem ser pensadas estrategicamente para maximizar o todo desta cadeia".

É redutor pensar os portos isoladamente, caso contrário "as possibilidades de crescimento confinavam-se ao crescimento das importações e exportações". No fundo, diz o diretor executivo da Agepor - Associação de Agentes de Navegação de Portugal, se queremos rentabilização, "temos de ir buscar cargas que não são nem portuguesas nem para Portugal".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG