Trabalhadores da Transtejo em greve no dia 25

Os trabalhadores da empresa Transtejo, que faz ligações fluviais no rio Tejo, decidiram hoje em plenário avançar para um greve de 24 horas no dia 25 de novembro, disse à agência Lusa fonte sindical.

"Tendo em conta as implicações do Orçamento do Estado e do decreto-lei 133/2013, os trabalhadores decidiram avançar para uma greve de 24 horas no dia 25 de novembro", disse José Oliveira, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

O sindicalista explicou que os trabalhadores, que hoje à tarde se reuniram em plenário, decidiram também apresentar um conjunto de proposta à administração da Transtejo, tendo em conta os impactos que as medidas anunciadas vão ter nos salários.

As ligações na Transtejo, que faz as carreiras de Cacilhas (Almada), Seixal, Montijo e Trafaria (Almada) para Lisboa, estiveram paradas na tarde de hoje devido ao plenário, que decorreu em Cacilhas.

Os trabalhadores da Soflusa, a outra empresa do grupo que faz a ligação entre Barreiro e Lisboa, estão a efetuar uma greve de uma semana, que termina no sábado, e que afeta as ligações nas horas de ponta da manhã e tarde.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".