Taxas Euribor descem para mínimos históricos

As Euribor voltaram hoje a renovar novos mínimos históricos em todos os prazos, com a taxa a seis meses, principal indexante do crédito à habitação, a recuar 0,006 pontos percentuais para os 0,487 por cento.

As taxas nos prazos mais longos acentuaram igualmente a quebra, com a Euribor a 12 meses a cair 0,004 pontos para 0,746 por cento e a nove meses a deslizar 0,005 pontos para 0,625 por cento.

A Euribor no prazo dos três meses, que serve em Portugal de referência para o crédito às empresas, baixou por seu turno 0,002 pontos, fixando-se nos 0,250 por cento, de acordo com a fixação diária da Federação Europeia de Bancos.

As Euribor estão a descer desde dezembro do ano passado, acompanhando a baixa taxa de juro de diretora da zona euro, que se situa nos 0,75 por cento.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de bancos está disposto a emprestar dinheiro a outros no mercado interbancário.

Exclusivos