Santos Pereira e Efromovich no mesmo hotel

Negócio da TAP parece contudo descartado: pelo empresário e pelo governo português.

Álvaro Santos Pereira passou o dia de ontem na Colômbia atarefado a preparar à distância o Conselho de Ministros de hoje e o da próxima semana onde será debatido o seu projeto de Impulso Industrial para Portugal. Mas pelo meio encontrou um visitante ilustre no hotel onde a comitiva portuguesa está instalada na capital colombiana, que participou também no almoço privado oferecido pelo presidente Juan Manuel dos Santos: Germán Efromovich, o empresário único interessado na TAP.

Cavaco Silva falou de Efromovich aos jornalistas durante o voo para Bogotá, dizendo que o assunto TAP não fazia parte da agenda, mas não o excluindo: "Se ele pagar bem", ironizou o Presidente, dizendo que o seu homólogo colombiano tinha muito boa impressão do empresário enquanto presidente da companhia aérea colombiana Avianca.

Santos Pereira não terá contudo dado qualquer sinal a Efromovich, que parece disposto a desistir da TAP face ao adiamento do governo português, que só reabrirá o dossier mais lá para o final do ano. Mas o ministro da economia vai ter ainda hoje em Bogotá encontros com os ministros setoriais dos transportes, minas e transportes. E a aviação não está excluída.