Presidente da Carris: "Ainda temos 200 pessoas a mais"

Basta um quilómetro para afundar as contas. Um quilómetro a mais são mais cinco milhões no final do ano em gasóleo.

Para os motoristas, a mensagem é só uma: pé leve e cuidado com os atrasos. Até porque a margem é mínima, culpa dos despistes do passado.

"Foi a negligência dos sucessivos governos que deixou que chegássemos aqui. Todos sabíamos que isto ia acontecer, só não sabíamos quando", diz José Manuel Silva Rodrigues, presidente da Carris há nove anos.