Número de portugueses com salário mínimo triplica desde início da crise

Um em cada sete trabalhadores está a ganhar o salário mínimo (hoje, nos 505 euros). Nos últimos nove anos, o número subiu de 5% para 12,9% da população empregada.

O número de portugueses que recebem o salário mínimo nacional quase triplicou nos últimos nove anos. A remuneração mínima mensal garantida "tornou-se mais vinculativa, com a proporção de trabalhadores abrangidos a aumentar dos 5% em 2005 para os 12,9% em 2014", afirma a Comissão Europeia. São, números redondos, são mais de 465 mil pessoas neste patamar.

Em alguns setores, como a hotelaria ou os serviços alimentares, a proporção de pessoas a receber o valor mínimo chega mesmo a atingir 21% do total de trabalhadores.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Relacionadas

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Economia
Pub
Pub