Governo vai renegociar contratos da Brisa e Lusoponte

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, adiantou hoje que o Governo vai abrir dois processos de revisão dos contratos da Brisa e da Lusoponte.

"Abriremos mais dois processos de renegociação, com nomeação de comissões de negociação, para a revisão dos contratos da Brisa e da Lusoponte", disse Sérgio Monteiro, na última audição da comissão parlamentar de inquérito das Parcerias Público-Privadas (PPP).

Segundo Sérgio Monteiro, trata-se de um processo formal "que está já despachado no caso da Lusoponte pelo secretário Estado das Finanças".

"Em breve estará despachado também pelo secretário de Estado das Finanças o caso da Brisa", afirmou Sérgio Monteiro, acrescentando ter já feito o despacho nessa matéria.

A revisão dos contratos "pretende capturar os benefícios da alteração do modelo regulatório", sublinhou.

Aos 15 contratos de Parcerias Público-Privadas que estão a ser renegociados juntam-se, então, agora mais estes dois.

O secretário de Estado destacou que só na renegociação dos contratos das ex-SCUT de 2010, o Governo demorou dois anos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".