Fisco apanha 94 mil empresas com erros nas faturas

Irregularidades e divergências detetadas pela Autoridade Tributária quase duplicaram nos primeiros três meses do ano. A razão é que há mais contribuintes a pedir fatura nas compras.

Só nos primeiros três meses deste ano, o fisco detetou irregularidades e divergências nas faturas emitidas por 94 mil empresas. É quase o dobro de 2014 - ao todo, no ano passado foram registadas 235 mil irregularidades, uma média de cerca de 59 mil por trimestre.

Em causa estão falhas na comunicação de faturas, pedidos de reembolso de IVA de valor superior ao suportado ou a não declaração integral às Finanças do imposto liquidado. As empresas já foram notificadas das divergências e a maior parte, como tem acontecido, deverá regularizar a situação de forma voluntária.

Leia a história completa na edição impressa ou no e-paper do DN.

Exclusivos