Felipe Oliveira Baptista anuncia pausa da marca própria

O 'designer' de moda português, responsável pela direção criativa da Lacoste, anunciou que vai interromper por tempo indeterminado a produção da sua marca de pronto-a-vestir

Considerado um dos mais importantes nomes da moda nacional e internacional, presença assídua no Portugal Fashion e na Semana de Moda Paris, Felipe Oliveira Baptista e a sua sócia e mulher Séverine decidiram "repensar o futuro do projeto criado em 2002, analisar novas formas de colaboração e reavaliar a estrutura da marca", segundo informação divulgada em comunicado. Em 2010 foi convidado para ser o diretor criativo da marca francesa Lacoste, lugar que mantém e que tem conseguido conciliar com a direção criativa da sua marca. O 'designer' fez este anúncio no final da semana passada, confirmando a sua ausência da próxima edição do Portugal Fashion, agendado para os dias 26 a 29 de março, e da Semana de Moda Paris que começa no final desta semana. Em 2013 inaugurou uma exposição retrospetiva dos dez anos da sua marca, ainda patente no museu de design e moda - MUDE - em Lisboa, uma das mostras mais visitadas de sempre do museu.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

Falem do futuro

O euro, o Erasmus, a paz. De cada vez que alguém quer defender a importância da Europa, aparece esta trilogia. Poder atravessar a fronteira sem trocar de moeda, ter a oportunidade de passar seis meses a estudar no estrangeiro (há muito que já não é só na União Europeia) e - para os que ainda se lembram de que houve guerras - a memória de que vivemos o mais longo período sem conflitos no continente europeu. Normalmente dizem isto e esperam que seja suficiente para que a plateia reconheça a maravilha da construção europeia e, caso não esteja já convertida, se renda ao projeto europeu. Se estes argumentos não chegam, conforme o país, invocam os fundos europeus e as autoestradas, a expansão do mercado interno ou a democracia. E pronto, já está.