Efromovich espera pela TAP até março

Germán Efromovich confirmou esta noite, na SIC Notícias, que continua interessado na compra da TAP, adiantando que vai esperar, pelo menos, até ao final do primeiro trimestre de 2013 por uma decisão do Governo português em lançar de novo o processo de privatização da TAP.

Depois da decisão do Executivo de Pedro Passos Coelho de não aceitar a proposta do milionário colombiano-brasileiro por considerar não ter sido possível assegurar os meios financeiros para a recapitalização da empresa, German Efromovich reuniu-se na quarta-feira com o Governo português para esclarecer a situação. E ontem, na SIC Notícias, reafirmou o interesse do grupo Synergie na compra da TAP, que considerou "um casamento perfeito".

"Queremos vir para a Europa e Lisboa é o que melhor casa com a gente", afirmou Efromovich. Enaltecendo o trabalho do Governo em todo o processo de privatização - "nunca estive num processo tão transparente e profissional", disse o empresário -, considerou que foi "um equívoco" da sua parte e "um excesso de formalismo" por parte do Governo que levou a que o negócio não se concretizasse.