EDP defende que clientes com problemas nos contadores já foram compensados

A EDP defendeu hoje que não deve haver "uma compensação adicional" aos clientes com contadores bi e tri horário, considerando que os consumidores com desajustes superiores a 15 minutos já foram ressarcidos.

"Não nos parece que deva haver compensação adicional à que já foi feita", afirmou o administrador da EDP António Martins da Costa, em conferência de imprensa, no dia em que a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) propôs que a EDP Distribuição pague entre 3 e 35 euros aos clientes com tarifas bi e tri horárias, em função da potência contratada, num total de sete milhões de euros.

Em declarações aos jornalistas, Martins da Costa adiantou que "a EDP Distribuição não deixará de acompanhar o tema e tomará as medidas que ache mais conveniente para defender os seus interesses", realçando que a auditoria da Ernst&Young revela a "transparência e boa vontade" na compensação aos clientes.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.