Co-fundador abandona Yahoo para abraçar novos desafios

O portal da Internet Yahoo anunciou que o seu co-fundador Jerry Yang se demitiu hoje do conselho de administração e de todos os cargos que detinha, noticiou a agência AFP.

"Chegou a altura para mim de seguir outros desafios fora da Yahoo", disse Yang, citado em comunicado.

Yang é conhecido nomeadamente por se ter oposto à compra da sociedade pela Microsoft, em 2008, e foi substituído na direção-geral desde janeiro de 2009, mantendo, no entanto, o título de "Chefe Yahoo", a par de uma muito forte influência na sociedade.

As ações dispararam imediatamente após o anúncio da saída de Yang, ganhando 3,69 por cento até aos 16 dólares às 22:00 TMG (mesma hora em Lisboa) nas trocas eletrónicas depois do encerramento do Nasdaq.

Jerry Yang fundou a Yahoo com David Filo em 1995, e manteve-se no conselho de administração ininterruptamente até hoje. Entre 2007 e 2009 assumiu a direção-geral do grupo.

De acordo com fontes da Yahoo, Yang demitiu-se também dos conselhos de administração da Yahoo Japan e do grupo chinês Alibaba, os dois grandes parceiros asiáticos do grupo americano que, de acordo com diversos analistas, representam a maior parte do capital do grupo.

Analistas questionados pelo canal de televisão CNBC, consideraram que após este anúncio a Yahoo terá mais liberdade para analisar as suas opções estratégicas, um processo iniciado no final do verão.

"Respeito a sua decisão, tal como todo o conselho de administração, mas a sua visão e os seus conselhos avisados vão fazer-nos falta", comentou o presidente do conselho de administração, Roy Bostock, no comunicado.

Ler mais

Exclusivos